quinta-feira, setembro 10, 2009

Casa de Estudos



Finalmente acho que agora a "Casa de Estudos" vai começar a sair do campo das ideias...


Chega de procrastinação!

Segundo Joseph Ferrari, da Universidade De Paul, do estado americano de Illinois, essa questão está ligada a nossa baixa autoestima e nossa insegurança.

E, por causa delas, acabamos protelando por evitar o medo de não termos o sucesso esperado em algumas tarefas. “As pessoas com essas características são muito preocupadas com o que os outros pensam delas. Dessa forma, preferem que pensem que ela é displicente e tem problemas em se esforçar para agir do que percebam que, no fundo, elas não têm habilidade para isso”, explica.


“É normal as pessoas se sentirem paralisadas quando algo parece ser maior do que elas. Acabam procrastinando porque exigem tanto de si próprias numa tarefa que acabam com medo de enfrentá-la”, afirma o psicoterapeuta e filósofo Ari Rehfeld.
O perfeccionismo exacerbado tem a capacidade de nos fazer desistir ou postergar por um tempo ilimitado nossos afazeres, desejos e intenções.

“Dê-se a chance de realizar algo bom e não necessariamente ótimo. Experimente começar a fazer para só depois avaliar.

Permitir começar já é um grande passo”, aconselha Rehfeld. Claro que é preciso ter consciência das limitações e habilidades para o que se está disposto, mas se vencermos o que nos paralisa e nos desviarmos das distrações que nós mesmos colocamos todo dia em nossa vida, já teremos meio caminho andado para enfrentar qualquer situação.

(Texto  acima escrito por Rafael Tonon extraído da revista VIDA SIMPLES).



Alguma semelhança não é mera coincidência!

2 comentários:

  1. Evitar o fracasso, ou evitar o sucesso, duas boas hipóteses. Acho a segunda mais forte. É mais direto dizer assim: adiamos para evitar um desprazer (imaginado), ou para evitar... um prazer (proibido).
    Em respeito e honra de nossos sonhos, devemos deixá-los fluir. Não forçá-los nem bloqueá-los. Give peace a chance.

    ResponderExcluir
  2. Bacana teu comentário! Obrigada por seguir meu humilde blogzinho!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião? Dúvida? Crítica Construtiva?