segunda-feira, setembro 19, 2011

Deveras interessante...


Como Criar um Delinquente: Onze Regras Fáceis

keyimg.jpg

Os Pontos Negativos.
Pontos importantes que devem ser observados de perto para que seu filho e aluno tenham uma educação saudável. E por favor, não siga esta lista.
  1. Comece na infância a dar ao seu filho tudo que ele quiser. Assim, quando crescer, ele acreditará que o mundo tem obrigação de lhe dar tudo o que o deseje.


  2. Quando ele disser palavrões, ache graça. Isso o fará considerar-se interessante.

  3. Nunca lhe dê qualquer orientação espiritual. Espere até que ele chegue aos 21 anos, e “decida por si mesmo”.

  4. Apanhe tudo o que ele deixar jogado: livros, sapatos, roupas. Faça tudo para ele, para que aprenda a jogar sobre os outros toda a responsabilidade.

  5. Discuta com freqüência na presença dele. Assim não ficará muito chocado quando o lar se desfizer mais tarde.

  6. Dê-lhe todo o dinheiro que ele quiser. Nunca o deixa ganhar seu próprio dinheiro. Por que ele terá que passar pelas mesmas dificuldades que você passou?

  7. Satisfaça todos os seus desejos de comida, bebida e conforto. Negar pode acarretar frustrações prejudiciais.

  8. Tome o partido dele contra vizinhos, professores, amigos. ( Afinal todos tem má vontade para com seu filhinho.)

  9. Quando ele se meter em alguma encrenca séria, dê essa desculpa: “Nunca consegui dominá-lo.”

  10. Em ocasiões onde ele estiver reunido com amiguinhos ou com seus irmãos use e abuse das comparações que incitem disputa. Compare seu caráter, sua capacidade intelectual, e seus dotes estéticos; diga em alto e bom tom para que todos possam ouvir, ele inclusive, coisas do tipo: “Meu filho é mais inteligente que os outros, é mais bonito, é mais esperto, é um gênio.”

  11. Se tiver algum vício, demonstre-o em sua presença todos os dias. Assim ele vai achar tudo isto natural, e com certeza, mais tarde, vai ouvir suas repreensões sobre os males que estas imperfeições podem trazer.

  12. Feito tudo isso, prepare-se para uma vida de desgostos. É sem dúvida seu mais que merecido destino!

    How to Ruin Your Children

    AUTHOR UNKNOWN

    Twelve sure fire principles of parenting guaranteed to produce delinquent children.

    1. Begin with infancy to give the child everything he wants. In this way he will grow to believe the world owes him a living.
    2. When he picks up bad words, laugh at him. This will make him think he's cute. It will also encourage him to pick up "cuter" phrases that will blow off the top of your head later.
    3. Never give him any spiritual training. Wait until he is 21 and then let him "decide for himself."
    4. Avoid use of the word "wrong". It may develop a guilt complex. This will condition him to believe later, when he is arrested for stealing a car, that society is against him and he is being persecuted.
    5. Pick up everything he leaves lying around - books, shoes, clothes. Do everything for him so that he will be expecting it.
    6. Let him read any printed matter he can get his hands on. Be careful that the silverware and drinking glasses are sterilized, but let his mind feast on garbage.
    7. Quarrel frequently in the presence of your children. In this way they will not be too shocked when the home is broken up later.
    8. Give a child all the spending money he wants. Never let him earn his own. Why should he have things as tough as you had them?
    9. Satisfy his every craving for food, drink, and comfort. See that every sensual desire is gratified. Denial may lead to harmful frustration.
    10. Take his part against neighbors, teachers, policemen. They are all prejudiced against your child.
    11. When he gets into real trouble, apologize for yourself by saying, "I never could do anything with him."
    12. Prepare for a life of grief. You will be likely to have it.

    ACKNOWLEDGEMENT
    Original source unknown. Though it is known to have been distributed by the Houston, Texas Police Department under the title, "Twelve Rules for Raising Delinquent Children." 


Fonte: Departamento de Polícia do Texas – EUA

Segunda Parte – Analisando os pontos positivos
Baseados nos 11 pontos negativos mostrados na DICA anterior, um grande educador brasileiro, chamado Frei Anselmo, apresenta os 11 pontos positivos. O que os Pais poderiam fazer para transformar o filho num verdadeiro homem, livre e responsável.
  1. Não dê à criança tudo quanto ela queira. Desde pequena a criança deve aprender a ouvir um não. Aprendendo agora a dizer um não ao lícito, mais tarde ela saberá dizer também não ao ilícito.

  2. Aponte os erros que seu filho comete.
    Quando ele se embrenha nas sendas do mal, mostre o caminho do bem.
    Nos momentos de perplexidade, esclareça sua dúvida.
    Ensine e ajude seu filho a escolher entre o certo e o errado, entre o bem e o mal. Ajude-o a seguir o caminho do bem abraçando sempre a verdade.

  3. Dê a seu filho também uma educação espiritual. Seu filho não é apenas corpo e sensibilidade, mas possui também uma essência não física; uma essência que precisa conhecer e amar as forças superiores da natureza.
    Se ele perder a confiança no supremo, se perder o sentido da vida, se desconhecer o destino imortal do homem, se não esperar mais nada para depois da morte, só lhe resta um caminho a seguir: gozar a vida no momento presente e, para isto, irá servir-se de todos os meios, bons e maus, proibidos ou permitidos.
    Um homem que não nutre esta essência é uma caricatura humana.
    Um homem que não enxerga o eterno é um homem morto antes do tempo.

  4. Não confunda as Coisas…
    Quando seu filho deixar espalhados pelo chão roupas, sapatos, livros, brinquedos, faça-o apanhá-los. Mas faça como amor, bondade e carinho e não de maneira agressiva ou irritada.
    Com gritos nunca se educa uma criança. Educa-se com energia, amor, carinho, bondade e compreensão.

  5. Não brigue nem discuta na presença do filho.
    Quando os pais discordarem ou se desentenderem, procurem evitar a discussão diante dos filhos. Falem e discutam a sós.
    Brigas e discussões na presença dos filhos, além do mau exemplo que os pais dão, provocam na alma da criança conflitos de ordem emocional irreversíveis e muitas vezes de graves conseqüências.
    A harmonia e união entre os pais revertem em benefício para os próprios filhos.

  6. Não dê a seu filho quanto dinheiro ele pedir.
    Quem não se contenta com pouco, nem o muito o satisfará jamais.
    O dinheiro fácil na mão do seu filho abre caminho para muitos erros, pois a riqueza mal empregada abre as portas do mal.
    Seu filho deve aprender quanto custa ganhar dinheiro.
    Se desde pequeno ele não sabe quanto custa o dinheiro, ele só deseja uma coisa na vida: ganhar muito dinheiro com o mínimo de esforço e gozar o máximo a vida.
    Dinheiro fácil nas mãos do seu filho leva-o a confiar mais no poder da moeda do que em sua força de vontade, em sua dignidade moral e capacidade intelectual.
    Faça com que seu filho mereça o dinheiro que recebe.

  7. Não satisfaça todos os desejos e caprichos do seu filho em matéria de comida, bebida e conforto.
    Ele deve aprender a fazer sacrifício, a renunciar um gosto pessoal, a dizer um não a um capricho e deixar de ser voluntarioso.
    O comodismo enterra todas as aspirações humanas e é o maior obstáculo do progresso.
    Formar a vontade do filho não é fazer todas as suas vontades.
    Forme a vontade dele para que rejeite sempre o mal e queira sempre só o bem.

  8. Quando seu filho entrar em conflito com professores, polícia, vizinhos e colegas, não tome seu partido sem antes examinar bem o fato e ver de que lado está a razão.
    Um erro é tomar sempre o partido do filho apenas por ser filho, sem procurar saber a origem do conflito e ver com quem está a razão.
    É preciso ver, analisar, julgar e dar razão para quem a merece.
    Não é somente o filho do vizinho que pode errar; o seu também está sujeito ao erro.
    Ninguém é perfeito; seu filho também está dentro desta regra.
    Seja justo e dê razão a quem tem de fato.

  9. Olhos Abertos significa atenção…
    Quando ele entrar numa contenda mais séria, não o desculpe com estas palavras: “Ele sempre foi impossivel; ele é assim mesmo.”
    Isto fará com que seu filho permaneça no erro e abrirá caminho para faltas mais graves, pois ele sabe que pode contar sempre com a cumplicidade indulgente dos pais. A indulgência excessiva é sempre cúmplice do crime.
    Seja indulgente, mas sempre dentro da ordem, da energia bondosa e da disciplina.

  10. Não faça comparações das virtudes e dotes do seu filho em relação aos outros.
    Fazendo isto, você estará implantando nele o vírus da intolerância, a discriminação pessoal e social, e o menosprezo pelos demais.
    Um elogio deve ser feito de maneira discreta, a sós, e com muito cuidado.
    Os pais, costumam rotular os filhos de acordo com sua própria conveniência, e isto abre espaço para que vejam nos filhos, qualidades que muitas vezes não possuem, causando frustrações nos mesmos com o tempo.

  11. Qualquer tipo de vício é prejudicial para os adultos e muito mais às crianças.
    Se tiver algum vício, lute para livrar-se dele, e o faça diante do seu filho, sempre demonstrando a ele os maléficios do mesmo e sua luta pela liberdade.
    Sua criança não mereçe compartilhar de um capricho danoso como o seu.
    Se você tem amor de fato por ele, livre-se do vício, só, e apenas desse modo, poderá lhe cobrar mais tarde com eficiência, caso ele se caia numa dessas armadilhas.
    Para o filho, o exemplo de probidade dado pelo pai é mais importante do que todas as opiniões que ele vai encontrar pelo resto da sua vida.

  12. Feito tudo isso, prepare-se para uma vida de harmonia, alegrias e felicidade.
    É o seu merecido destino.
Fonte: Site de Dicas – Adaptado por Alberto Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião? Dúvida? Crítica Construtiva?